Home Programas Sociais Medicina Verde
AddThis Social Bookmark Button

O uso de vegetais para fins medicinais, ou mesmo como ornamento, sem conhecimento tem gerado acidentes que s√£o relatados e registrados no Rio de Janeiro, principalmente pela falta de informa√ß√£o, pois n√£o sabem como e quando usar, a dosagem e identifica√ß√£o das mesmas no caso da medicinais e no caso das ornamentais ou relacionadas a lendas, crendices ou religi√Ķes, pela pr√≥pria exposi√ß√£o de vegetais t√≥xicos em local de movimento como jardins, pra√ßas, principalmente escolas infantis, etc. Atrav√©s do conhecimento e acesso a informa√ß√£o o n√ļmero de acidentes tender√° a diminuir, uma vez que a popula√ß√£o ter√° condi√ß√Ķes de evitar e prevenir acidentes com o uso adequado das plantas. O registro dessas informa√ß√Ķes √© de suma import√Ęncia para a contribui√ß√£o da manuten√ß√£o ou corre√ß√£o de alguns pontos no saber popular, proporcionando uma melhor qualidade de vida, com o esclarecimento desta problem√°tica relacionada a utiliza√ß√£o inadequada de plantas medicinais, ornamentais e at√© alimentares, tem como finalidade a redu√ß√£o e/ou erradica√ß√£o do uso indevido.

Objetivo

O Projeto tem por objetivo gerar informa√ß√Ķes sobre os vegetais com poder curativo e/ou potencialmente t√≥xicos, assim como acidentes causados pelo uso inadequado dos mesmos, gerando conhecimento biol√≥gico e desta forma contribuir para o conhecimento espec√≠fico sobre o uso correto dos vegetais ornamentais e medicinais.

P√ļblico-Alvo

Moradores do bairro e de comunidades pr√≥ximas a Universidade Castelo Branco, assim como de outras localidades do Munic√≠pio do Rio de Janeiro. - Alunos de Escolas p√ļblicas e particulares do Munic√≠pio do Rio de Janeiro, bem como da Universidade.

Professoras Respons√°veis:

Sonia Pantoja

Informa√ß√Ķes

(21)3216-7786

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.