Home Programas Sociais Projeto Bate, Bate Coração
AddThis Social Bookmark Button
O Bicho vai Pegar

Projeto Bate, Bate Coração

As doenças cardiovasculares possuem uma alta prevalência na população brasileira, sendo responsáveis por um grande número de mortes no Brasil. Sua ocorrência está associada à presença de lesões vasculares relacionadas à aterosclerose. Uma das características destes agravos é a forte associação com fatores de risco. Considera-se que o fator de risco se expressa em aspectos do comportamento pessoal, ligados a estilos de vida, ou exposição ambiental, podendo também ser uma característica inata ou herdada, cujas evidências epidemiológicas o associam a ocorrência de determinada doença.

Assim, dentre os fatores de risco para as doenças cardiovasculares destacam-se a obesidade, o sedentarismo, a hipertensão arterial e o tabagismo, os quais se iniciam na infância e adolescência e apresentam forte tendência a apresentar efeitos aditivos na idade adulta.

Estudos apontam que a taxa de morbimortalidade das doenças cardiovasculares tem tido poucas alterações nas últimas décadas, embora tenham se empreendidos elevados investimentos. Por outro lado, evidencia-se que os esforços voltados para as mudanças dos hábitos maléficos à saúde das pessoas apresentam excelentes resultados. Contudo, a mudança de tais hábitos já instalados na idade adulta é algo difícil de ser alcançado em virtude da baixa aderência da população. Em contrapartida, hábitos saudáveis desenvolvidos desde a infância, que se mantêm na vida adulta podem contribuir para prevenir as doenças cardiovasculares.

A hipertensão arterial é uma das doenças cardiovasculares (DCV) crônico-degenerativa caracterizada pelos altos níveis tensionais. Pela sua prevalência, assume grande importância no campo da saúde pública. De acordo com o Ministério da Saúde do Brasil, o índice das DCV tende a crescer nos próximos anos, não só pelo crescimento e envelhecimento da população, mas pela persistência de hábitos inadequados de alimentação e atividade física, além do tabagismo.

Objetivo

Propõe-se neste projeto de extensão, identificar aspectos do estilo de vida dos sujeitos que tenham relação com os fatores predisponentes às doenças cardiovasculares, em especial à hipertensão arterial, com vistas a sensibilizar à população para o desenvolvimento de estratégias autocuidado, no que compete aos fatores de cunho modificáveis.

Público-Alvo

Homens e mulheres, acima dos 12 anos de idade que estejam presentes em locais de grande circulação (como por exemplo estação de trem, praça central etc) ou instituições parceiras, à serem definidas, do bairro de Realengo, no município do Rio de Janeiro.

Atividades

a) Realizar reunião prévia com as instituições e/ou responsáveis para a negociação dos espaços como campo para implementação do projeto.

b) Esclarecer aos responsáveis envolvidos os objetivos do trabalho a ser realizado, obter a permissão e divulgar o cronograma do trabalho.

c) Diagnóstico simplificado da ambiência no caso de instituições: levantamento das condições ambientais seguida de análise crítica a respeito do ambiente e suas influências na saúde cardiovascular.

d) Diagnóstico simplificado da saúde cardiovascular: realização de anamnese e exame físico simplificado com verificação de peso, altura, circunferência abdominal, sinais vitais, pressão arterial, cálculo do IMC dentre outros.

e) Diagnóstico de saúde da coletividade: tratamento estatístico dos dados coletados sobre a saúde cardiovascular da população. Análise e discussão dos resultados e estabelecimento de prioridades na abordagem de problemas que sejam comuns à população atendida.

f) Implementação de intervenções individuais: orientações, atendimento direto com realizações de cuidados, e encaminhamentos a outros profissionais e serviços de saúde quando necessário.

g) Implementação de intervenções coletivas: serão realizadas atividades de educação em saúde sob a forma de palestras, pôster, peças teatrais, filmes e mural.

Cursos Participantes:

Enfermagem

Informações

(21)3216-7786

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.