Home Programas Sociais Projeto Educação em Saúde
AddThis Social Bookmark Button
Educação em Saúde

Projeto Educação em Saúde

A Portaria nº 1065 de 04 de julho de 2005 do Ministério da Saúde torna possível a inclusão do profissional Fisioterapeuta nas equipes de Saúde da Família dos municípios brasileiros através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Assim é imperativo ressaltar a necessidade de mudanças durante a formação acadêmica de fisioterapia no sentido de fornecer melhor capacitação profissional para a atuação na área da saúde pública, em especial na ESF. Desta forma, o fisioterapeuta é peça fundamental para a conquista e desenvolvimento de uma assistência à saúde que se baseia na inclusão social, centrada na comunidade e na participação efetiva desta, na conquista da saúde como um instrumento através do qual cidadãos possam realizar suas aspirações e satisfazer suas necessidades, adquirindo a capacidade de mudar seu entorno ou enfrentá-lo.

Neste contexto, a Universidade Castelo Branco (UCB) deve considerar que, além de ser uma instituição plural e multidisciplinar, tem por obrigação apresentar-se à sociedade como um de seus instrumentos mais eficazes de mudança, capazes de assegurar a eliminação das desigualdades, notadamente na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde são observados alguns dos mais baixos índices de qualidade de vida nos critérios da ONU. Para tal, a UCB por meio do curso de graduação em Fisioterapia idealizou o PLANO DE ATIVIDADES DE ENSINO PARA ESTUDANTES DE FISIOTERAPIA DA UCB JUNTO A SMSDC-RJ, que se alicerça na atuação do Fisioterapeuta no campo da assistência à saúde, com prioridade para ações de promoção e prevenção, em articulação com as Unidades de Saúde da Família (USF) desta região.

Objetivo

Estabelecer a prática da promoção da saúde e o fornecimento de informações para o exercício da cidadania, por parte de todo o corpo acadêmico do curso de Fisioterapia da UCB, às Unidades de Saúde da Família (USF) da área programática 5.1 do município do Rio de Janeiro.

Público-Alvo

Residentes da área programática 5.1 do município do Rio de Janeiro, que abrange os seguintes bairros: Realengo, Bangu, Campo dos Afonsos, Deodoro, Jardim Sulacap, Magalhães Bastos, Padre Miguel, Senador Camará, Vila Militar, Conjunto Taquaral, Vila Kennedy, Vila Vintém e Jardim Bangu. Estes cidadãos deverão estar vinculados ao Programa de Saúde da Família (PSF) das regiões supracitadas. Sem restrição de faixa etária.

Atividades

Os alunos envolvidos participarão das ações nas comunidades, no formato de visitas domiciliares, ações sociais, elaboração de cartilhas educativas a serem distribuídas à população e atendimento fisioterapêutico, de acordo com a necessidade. Os alunos atuarão nos níveis de atenção à saúde de acordo com o seu período de formação no curso de fisioterapia. Estes serão responsáveis por oferecer ao público-alvo atividades de promoção, prevenção e reabilitação;

O aprendizado e discussão sobre temas relacionados à Saúde Coletiva possibilitarão a inserção dos alunos nas Unidades de Saúde da Família (USF), atuando na transformação dos comportamentos dos indivíduos, focando nos seus estilos de vida e localizando-os no seio das famílias e no ambiente das culturas da comunidade. Essa atividade será desenvolvida através de programas ou atividades educativas relacionadas aos riscos comportamentais passíveis de mudanças, que estariam, pelo menos em parte, sob o controle dos próprios indivíduos.

Cursos Participantes:

Fisioterapia.

Informações

(21)3216-7786

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Os projetos sociais
constituem a marca da Universidade Castelo Branco ao longo de sua trajetória na região. Desde sua origem, a UCB tem como
característica uma forte inserção regional, desempenhando seu papel social e sua função de universidade comprometida com a transformação da realidade e da sociedade.

Elizabeth Félix
Pró-Reitora de Extensão e Assuntos Comunitários