OTORRINOLARINGOLOGIA (Pós Presencial) - Universidade Castelo Branco

OTORRINOLARINGOLOGIA (Pós Presencial)

OTORRINOLARINGOLOGIA (Pós Presencial)

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

 

TITULAÇÃO:

Especialista

DURAÇÃO:

8.640 horas / 36 meses

PRÓXIMA TURMA:

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

UNIDADES:

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

 

MODALIDADE:

Presencial

TURNOS:

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

HORÁRIOS:

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

 

INVESTIMENTO:

Veja mais em https://aporteducacional.com/pos-graduacaonacional/

OBJETIVO

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM OTORRINOLARINGOLOGIA (PARA ESTRANGEIROS)

  • PRÉ-REQUISITO(s): Graduação em Medicina.
  • OBJETIVOS:
  • GERAL: Formar e habilitar médicos especialistas na área de Otorrinolaringologia Clínico-Cirúrgica para atuarem tanto em ambiente ambulatorial, como hospitalar, e que sejam capazes de realizar com eficácia diagnóstico e tratamento das doenças otorrinolaringológicas, bem como atuar em procedimentos cirúrgicos otorrinolaringológicos.

 

  • ESPECÍFICOS:
  1. Desenvolver a correta técnica de anamnese, exame físico e raciocínio clínico.
  2. Aprimorar a relação médico paciente, incluindo o processo assistencial da admissão, acompanhamento clínico, alta hospitalar e orientação pós-alta.
  3. Atender pacientes ambulatoriais com doenças otorrinolaringológicas.
  4. Internar e acompanhar pacientes internados com doenças otorrinolaringológicas.
  5. Realizar procedimentos ambulatoriais para diagnóstico diferencial das doenças em otorrinolaringologia, como métodos endoscópicos, de avaliação auditiva e otoneurológica, entre outros.
  6. Realizar procedimentos de urgência otorrinolaringológica como remoção de corpos estranhos e tamponamento nasal.
  7. Realizar biópsias ambulatoriais.
  8. Realizar cirurgias otológicas, rinológicas, faríngeas e laríngeas.
  9. Realizar cirurgias de cabeça e pescoço.
  10. Desenvolver capacidade de gerenciar serviços hospitalares em otorrinolaringologia.
  11. Planejar e executar programas e projetos orientados para serviços otorrinolaringológicos.
  12. Desenvolver competências e habilidades para a autonomia acadêmica (auto aprendizado) e da educação continuada.
  13. Desenvolver competências e habilidades para trabalhar em equipes multidisciplinares da saúde.
  14. Realizar pesquisas cientificas e ou de revisão de literatura voltadas para geração e divulgação de conhecimentos e tecnologias orientadas a otorrinolaringologia.
  15. Aplicar os princípios e valores éticos médicos e humanistas com os pacientes, a família e na sociedade como um todo, com atenção aos marcos legais

MERCADO DE TRABALHO

A definição da especialidade Otorrinolaringologia desde os primeiros serviços brasileiros no final do século XIX, é o dos clínicos das orelhas, nariz e garganta e cirurgião das entidades infecto-inflamatória-tumorais das mesmas. No entanto, observamos que os profissionais atuantes nesta área atualmente agem em diferentes particularidades desta especialidade como clínico ou cirurgião, realizando exames endoscópicos, otoneurológicos ou mesmo sonográficos. Dentro mesmo da atuação clínica ou cirúrgica, os otorrinolaringologistas começaram a se subdividir em otologistas, otoneurologistas, foniatras, rinologistas, médicos do sono, pediatras, entre outros.  Esta compartimentalização da otorrinolaringologia de hoje se faz tão presente, que a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) abriga quatro academias (laringologia e voz, cirurgia plástica da face, rinologia e otorrinolaringologia pediátrica) e uma sociedade (otologia) além de várias assessorias, departamentos e comissões. Para o treinamento e formação complementar do médico em otorrinolaringologia, a pós-graduação lato sensu no formato de especialização é essencial, com contínua atualização de conhecimentos científicos e da incorporação crítica de avanços tecnológicos, visando melhorar a qualidade de seu desempenho profissional.

DIFERENCIAIS

PÚBLICO ALVO: Curso dedicado à formação profissional de Médicos Estrangeiros formados em universidades de medicina estrangeiras. A Otorrinolaringologia tem, nos dias de hoje, a possibilidade de ser uma grande área de enorme importância, já que lida com problemas que atingem grande parte da clínica rotineira como as cefaleias, tosse, inflamações e infecções de vias aéreas, vertigem, zumbido, distúrbios digestivos, deglutição, trauma facial, fala, audição... assim como, pode exercer a propedêutica e terapia altamente especializada em radiologia, endoscopia, eletrofisiologia, cirurgia não invasiva, microscópica e de grande porte do segmento cérvico-facial. Portanto, para ter uma formação adequada do ensino de Otorrinolaringologia deve-se incluir numa pós-graduação lato sensu os fundamentos em Otologia, Rinologia, Bucofaringologia, Laringologia, Cirurgias ortodônticas, traumatológicas, estéticas e recuperadoras da face, ronco e apneia obstrutiva do sono, Cirurgia das afecções da cabeça, pescoço e base de crânio, Otoneurologia, Otoneurocirurgia, Microcirurgias, Alergia, Foniatria, Diagnose e Endoscopia.  Atualmente o Instituto de Otorrinolaringologia da Gamboa, da Santa Casa da Gamboa, é um setor de Otorrinolaringologia que dispõe de infraestrutura, de equipamentos e de profissionais adequados para o ensino da Otorrinolaringologia a médicos que desejem seguir nesta especialidade, habilitando-os ao diagnóstico e tratamento das doenças otorrinolaringológicas.  

COORDENAÇÃO

Dra. Isabela Guimarães Pache De Faria Formada pela Universidade Gama Filho com parte da sua residência médica realizada Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e no Hospital Municipal Souza Aguiar (HMSA).

  • Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital da Gamboa
  • Coordenadora e fundadora da equipe de Otorrinolaringologia da Clínica Granato
  • Coordenadora e fundadora da equipe de Otorrinolaringologia da Clínica Alba
  • Coordenadora da equipe de Otorrinolaringologia da Clínica Pastore
  • Coordenadora e fundadora da equipe de Otorrinolaringologia da Clínica Só Saúde
  • Coordenadora da equipe de fonoaudiologia da Clínica Leve
  • Coordenadora da equipe de fonoaudiologia da Clínica Climeb
  • Concursada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro como Otorrinolaringologista, tendo trabalhado nos Hospitais Municipais Salgado Filho, Souza Aguiar e atualmente no Miguel Couto.
  • Plantonista da Clínica Otorrinos Reunidos
  • Plantonista do CTI do Hospital Municipal Carlos Tortelly
  • Plantonista do CTI da Clínica e Hospital São Gonçalo
  • Plantonista da Emergência do Hospital Quinta D’or

GRADE CURRICULAR

Condições / Ingresso

Vestibular e ENEM

A UCB oferece o Vestibular Digital para você escolher o dia e a hora para realizar sua prova! Ou então você pode ingressar com a sua nota do ENEM.

Saiba mais

Diplomados e Transferência

Se você já tem um Diploma de Nível Superior ou deseja se transferir de uma outra instituição para a UCB, você tem um desconto de até 70% durante todo o curso.

Saiba mais

PRAVALER

Você pode financiar sua graduação com o PRAVALER! Exceto Medicina Humana. Sua graduação pela metade do valor no dobro do tempo.

Saiba mais

Sistema e-MEC

Consulte aqui o cadastro da Instituição no Sistema e-MEC.

ACESSE JÁ!

CLIQUE E RECEBA NOTIFICAÇÕES

PERMITIR

CONTATO

Unidades

Realengo

Penha

Polos

Realengo | Penha

Parque Burle | Cabo Frio

Búzios | Guaratiba

Santa Cruz | Duque de Caxias

São Pedro da Aldeia

Trabalhe conosco

Bem-Vindo

ENTRAR